Este blog, é criado na vertente musical e politica e das artes em especial, mais acima de tudo aborda vários aspectos de nossas vidas, dos problemas sociais.

22
Nov 11

236585698520

"A revela é da secretária executivo da ANASO.

 
A situação do VIH/SIDA em Angola continua preocupante e tende a agravar-se nos próximos tempos. A informação foi avançada pelo Secretário Executivo da Rede de Organizações de Luta contra a SIDA.

António Coelho critica a falta de fundos para implementação de projectos de prevenção contra a doença.

O Secretário Executivo da ANASO, explicou ainda que o Bloco Vermelho, que tem a missão de mobilizar as populações nas acções de prevenção contra a sida não vai participar da edição deste ano do Carnaval, por falta de fundos.

Apesar destas e outras dificuldades, António Coelho afirmou que a sua organização vai continuar a trabalhar para fortalecer as organizações da sociedade civil e influenciar o governo para disponibilização de fundos.

O Secretario Executivo da ANASO António Coelho e as dificuldades financeiras vividas pelas organizações de luta Contra SIDA em Angola.
 
Materia obtida a partir da rádio eclésia, já no site do Jornal de Angola, O ministro da Saúde assegurou, na quinta-feira, em Nova Iorque, na Reunião de Alto Nível das Nações Unidas sobre Sida, que Angola está entre os países com baixa prevalência do HIV.
José Van-Dúnem, que discursava em representação do Presidente José Eduardo dos Santos, afirmou que, apesar dos obstáculos próprios de um país em reconstrução, o Executivo expandiu o acesso à prevenção, tratamento, cuidados e apoio gratuitos.
Entre 2003 e 2010, garantiu, foi registado um aumento do número de centros de aconselhamento e testagem de oito para 558.
Actualmente, sublinhou, há 133 centros de tratamento anti-retroviral para adultos, 120 para crianças e 209 de Prevenção da Transmissão Vertical (PTV).
“Em 2010, mais de 450 mil pessoas fizeram um teste de VIH, mais de 60 mil adultos e crianças com VIH positivo foram inseridos em programas de cuidado e apoio e cerca de metade destas pessoas recebem terapia anti-retroviral gratuita”, revelou, acentuando:“A cada ano, o número de mulheres grávidas testadas aumenta e, em 2010, testamos mais 260 mil durante os serviços de consulta pré natal”.

Novos desafios


O ministro José Van-Dúnem reconheceu que existem muitos desafios por Angola ser um país com uma grande extensão territorial e onde, apesar dos esforços de reconstrução, as infra-estruturas de saúde ainda são insuficientes e o acesso a serviços sociais básicos não atingiram, por enquanto, o nível desejado.“O Executivo está empenhado em incluir os serviços de VIH nos serviços de saúde existentes e, ao mesmo tempo, reforçar a resposta sistémica, inserindo a atenção ao VIH nos cuidados primários”, realçou.
A aposta, disse, continua a recair nas acções que garantam o acesso aos serviços de saúde, educação e equidade de género.
O ministro da Saúde esteve acompanhado pela directora das Organizações Internacionais do Ministério das Relações Exteriores, embaixadora Margarida Izata, representante permanente junto da ONU, Ismael Gaspar Martins, e Directora-Geral do Instituto Nacional de Luta contra o Sida, Dulcelina Serrano.

Compromisso


“Estamos comprometidos com os esforços globais em curso para a redução do peso da epidemia”, disse o ministro José Van-Dúnem, acrescentando que o Executivo conta com o engajamento da comunidade internacional.
“Tudo faremos para alcançar o acesso universal e atingir o nível zero em novas infecções”, concluiu.A delegação angolana à reunião, que terminou ontem, na sede das Nações Unidas, integra, igualmente, técnicos seniores dos Serviços de Apoio do Vice-Presidente da República, dos Ministérios da Saúde e das Relações Exteriores, e representantes da sociedade civil.
O encontro serviu para examinar os progressos alcançados desde 2001, ano da primeira reunião, e reafirmar o compromisso nacional e internacional em responder aos problemas da Sida e elaborar estratégias adequadas para reverter o quadro até 2015."

 

Em véspera do dia 2 de Dezembro dia de comemoração da luta contra a sida, eu como jovem angolano convido a todos a fazerem a testagem voluntária, assim saberão quais as suas condições de saúde com relação ao virus, e redobrar a prevensão contra o mesmo. Não digo que não façam sexo e nem que o façam, porque não se pode proibir alguém de praticar qualquer acção, mas se o fizerem lembrem-se que há várias maneiras de evitar o vírus, usando o preservativo, a abstinência, o uso de materias cortantes esterilizados ou novos se preferir, a fidelidade..., são algumas das maneiras que podemos evitar o vírus e lutarmos contra ele, e lembre-se também que devemos combater o virus e não os portadores do virus, pois, todos nós estamos sujeitos de contarir o virus e não importa de como eles adiquiriram mas sim o que podemos fazer para ajudar-lhes a conviver com o virus. Até hoje em pleno século XXI há muita gente com falta de informação sobre a materia, e muitos ainda não sabem como prevenir-se do virus e outros que ainda não acreditam na existencia do virus, a falta de meios de informação da midia e também de instituições que possam levar estas informações as pessoas principalmente as que não vivem nas metrópoles carecem não só deste tipo de informação mas também de outras.

 

Nós jovens temos que ter em conta que devemos fazer qualquer coisa para relevar a situação e não esperar que os outros façam por nós, é como se diz "se quiseres algo bem feito então faça-o, e não espera que os outros façam por ti", é basicamente isto se esperarmos que os outros façam talvez se fará tarde e por mais que a nossa acção tenha pouco impacto o importante é que foi feita e alguém tarde ou cedo vai notar por ele assim como sei que pode demorar mas tarde ou cedo alguém vai encontrar este post, depois de publica-lo ficarei de bem comigo mesmo e para com a sociedade, apesar de poucas pessoas fazerem o uso da internet no nosso pais mas é a única maneira que encontrei para fazer isto embora seja como "uma gota de água no oceâno".

 

Boa sorte para todos que decidirem testar, eu já fiz o meu e só volto a fazê-lo dentro de três meses, "faz a tua parte, dá o teu exemplo".

 

 

Fonte: Rádio Eclesia e site do Jornal de Angola

Publicado e Editado por: Smiley Tercio

publicado por Smiley Tercio Constantino Augusto às 15:22
 O que é? | | favorito
sinto-me: alegre
música: House

Bom dia e votos de uma boa semana :)
O Blog está em destaque na homepage dos Blogs do SAPO Angola (http://blogs.sapo.ao/).
João Sá a 5 de Dezembro de 2011 às 09:16

Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
2016

2015

2014

2013

2012

2011

Visitantes
LIke
mais sobre mim
pesquisar
 
favoritos

Simetria

links
blogs SAPO